Home / Espaço Gourmet / Receita Ceviche Gose

Receita Ceviche Gose

O chef e sommelier de cervejas Guilherme De Rosso, proprietário do Boteco Simples Assim (www.simplesassimboteco.com.br) e supervisor do curso de Beer Sommelier do Centro Europeu (www.centroeuropeu.com.br), ambos de Curitiba (PR), preparou uma releitura de ceviche preparada com uma cerveja do estilo Gose: Ceviche Gose. A receita é uma ótima opção para os dias quentes.

Para o leite de tigre:

 ·        Suco de 2 laranjas

·        40 g de cebola cortada em brunoise

·        2g de gengibre moagem

·        355 ml de cerveja estilo Gose (nesse caso usei Jabutigose, nova cerveja da Way Beer)

·        100 ml de suco de limão Taiti

·        Sal e pimenta do reino a gosto.

Modo de preparo: O preparo do leite de tigre é super simples, basta misturar os ingredientes e depois ir ajustando o sal à gosto.

 Para o ceviche:

·        1 kg de filé de tilápia sem espinhos cortado em tiras

·        1 cebola roxa grande cortada julienne finamente

·        Pimenta dedo de moça sem semente cortada julienne a gosto

·        Pimenta Chilli à gosto

·        Sal Marinho a gosto

·        200g de Batata Doce Roxa

·        Açúcar Cristal

·        1un. Banana da Terra Verde

·        Folhas de coentro a gosto

Modo de preparo: Cozinhe a batata roxa até que ela fique macia e reserve. Com a ajuda de um fatiador, corte a banana fina longitudinalmente e frite em óleo quente até ficar crocante, reserve. Corte a batata em rodelas, salpique um pouco de açúcar e com um maçarico deixe o açúcar caramelizar. Caso não tenha um maçarico, esse processo pode ser feito em uma panela. É só colocar o açúcar, deixar caramelizar e colocar em cima das batatas. (Cuidado na hora de manusear o caramelo, ele é extremamente quente). Num bowl, coloque o restante dos ingredientes e o peixe deixando marina no leite de tigre entre 15 – 30 minutos. Em um prato, coloque as batatas caramelizadas, a marinada e finalize com o coentro e a banana croncante.

 Sobre a cerveja estilo Gose: Uma cerveja que nasceu em 1332, na cidade de Goslar e recebeu o nome do rio da cidade, que era levemente salgado devido ao acúmulo de sais minerais no rio. A cerveja, segundo a tradicional receita, leva coentro e sal, e além da levedura de alta fermentação também tem a adição de bactérias lácticas. É uma cerveja refrescante, levemente salgada e azeda. O estilo quase desapareceu, mas graças a um cervejeiro alemão encontrou a antiga receita e a trouxe de volta ao cenário cervejeiro. No Brasil, algumas cervejarias já trabalham com o estilo, adicionando frutas e outros ingredientes típicos brasileiros à receita. É uma cerveja perfeita para harmonizações refrescantes, com frutos do mar, saladas e pratos leves.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*