Home / Balada / Fundo de Quintal faz show a preço popular no Engenho de Dentro – ESPAÇO CULTURAL MAIS

Fundo de Quintal faz show a preço popular no Engenho de Dentro – ESPAÇO CULTURAL MAIS

Os mestres do pagode, aqueles que deram origem a bagunça organizada, onde rimas e batucadas deram vez ao termo “pagode”, formadores do mais antigo grupo de samba nacional, o Fundo De Quintal, vão fazer batucada, e das boas, no final da tarde deste sábado/10 no Engenho de Dentro, zona norte carioca. Foi o grupo formado por Bira Presidente, Sereno e Ubirany e que na formação atual ainda conta com Ademir Batera, Ronaldinho do Banjo e Mário Sérgio, responsável também pela modernização popular do samba no final da década de 1970. De lá para cá, o Fundo de Quintal se manteve relevante e atravessou as diversas modas da música popular, sem sair de sua proposta: tocar samba com alegria, caprichando nas melodias e refrões. O show no Espaço Cultural Mais será marcado, com repertório calcado na história musical da banda. De ”Boca Sem Dente”, do primeiro disco, até “Só Felicidade”, do álbum mais recente, de mesmo nome. Também não devem faltar clássicos como “Lucidez”, “O Show Tem Que Continuar”, “Parabéns Pra Você”. “Vai Lá, Vai Lá” e outras. O Centro Cultural Mais será lançado oficialmente em breve, previsto para março de 2017. Oferecerá cursos gratuitos de música, fabricação de instrumentos musicais, além de outras atividades.Enquanto não abre, o espaço recebe mestres do samba se apresentarem, com entradas realmente popular, apenas R$ 5.Menores só acompanhados pelos responsáveis. As portas serão abertas a partir das 17 horas.

SERVIÇO:

FUNDO DE QUINTAL NO ESPAÇO CULTURAL MAIS

Data: Dia 10 de dezembro – sábado

Hora:  A partir das 17h

Valor: R$ 5 – Unissex / preço único

Faixa Etária:  18 anos – Menores só acompanhados do responsável

Informações: 21 964264233

Ass. de imprensa: Ricardo Araújo / 21 983736735

fundo-de-quintal-foto-divulgacao

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*