Home / Entrevista / Ator Johnnas Oliva concede entrevista para Styllus

Ator Johnnas Oliva concede entrevista para Styllus

banner-do-site-secao-entrevista

 

 

 

 

 

 

maquina-de-escrever

1- Como começou seu interesse pela arte? 
– Começou quando eu tinha de 11 para 12 anos, eu cantava em um coral de crianças em um festival de música em Atibaia, sempre nas férias de Julho o Hotel Village Eldorado Atibaia fazia festivais com o comando do Maestro Dionisio Moreno e assim comecei a participar no coro, depois cantei sozinho nos anos seguintes, até formar minha propria banda em 1996 quando tinha 14 anos e aos 17 anos fui fazer teatro.
2- Hoje a gente te vê na novela “Haja coração” como Enéas, mas você já participou de diversos outros trabalhos em outros meios. Sente uma “pressão” por estar na Globo? Muda alguma coisa?
– Pressão não sinto, nenhuma, trabalho é trabalho em qualquer veículo, unica coisa que muda é a exposição, um ator de novelas fica com seu rosto de segunda a Sabado na Televisão, assistido por milhões de pessoas, a popularidade aumenta absurdamente, mas isso é consequência do trabalho, gosto bastante pela resposta que o publico dá de imediato nas ruas e nas redes sociais.
3- Seu personagem é apaixonado pela Camila, da Ágatha Moreira. Vocês já se conheciam? Você faria por amor o mesmo que Éneas faz?
– Eu conheci a Ágatha no dia da nossa preparação dos personagens nos Estúdios Globo, minha expectativa era grande de conhece-la, eu havia conhecido o trabalho dela no Verdades Secretas e tinha gostado muito, e nesse dia da preparação ela abriu um lindo sorriso pra mim, me recebeu com muito carinho e respeito e lá já desenvolvemos uma boa intimidade cênica.
 – Eu faria muita coisa por amor, mais ou menos que nem o Enéas fez, mas acho que tudo tem limite na vida, e acho que a obsessão que o Enéas tem pela Camila chega a ser doentia e isso eu não me permito, mas entendo a cabeça do personagem.
4- Podemos te ver também em seriados. Você acredita que o futuro da televisão serão os seriados?
– Adoro fazer os seriados pela linguagem que tem, pela proximidade que tem do cinema, mas acredito que os seriados terão o seu lugar e as novelas continuaram, pois acho que temos publico para os dois seguimentos na televisão, são linguagens diferentes, tempos diferentes e o publico se identifica com o que mais gosta. As novelas da Globo tem muita audiência e ainda acho que é a hora que a família se junta para assistir, é um costume brasileiro.
5- TV, cinema ou teatro? Qual foi mais desafiador para você?
– Ah os três são muito desafiadores, eu não consigo separar qual é o mais dificil ou menos, procuro fazer o meu melhor nos três, entender as linguagens, os tempos, os tamanhos de cada interpretação, saber entender os personagens, saber dizer, olhar, respirar e assim seguindo com muita disciplina, muita dedicação e os três veículos são fascinantes.
6- Você tem vontade de interpretar algum vilão?
– Eu tenho, na verdade eu gosto de bons personagens, se for do bem ou não, não é uma questão. Claro que um ótimo vilão me interessa muito e assim espero fazer na televisão.
7- Sua familia sempre te apoiou a seguir o meio artistico? 
– Mais ou menos, no começo tiveram aquele medo de terem um filho, um neto vagabundo que só trabalhasse de fim de semana, a troco de nada, rs. Mas com o tempo viram que era minha vocação mesmo, eu me dedicava sempre, estudava, acordava cedo para ir aos ensaios de teatro, aos testes de tv, cinema e publicidade e depois de uns 3, 4 anos que eu estava na profissão começaram a ir em peças teatrais que eu fazia, me viam em comerciais de tv, iam me assistir em festivais de cinema e assim viraram meus fãs, eu adorava ver meus pais, avós e tios nas plateias dos teatros me aplaudindo, contando para a familia que eu estava em cartaz.
8- Quais imitações sabe fazer?
– Hahaha, eu adoro brincar com vozes. Imito o Scooby Doo, Salsicha, Pato Donald, Mickey Mouse, Bob Sponja, Silvio Santos, Marília Gabriela, Padre Quevedo, Selton Mello, Raul Gil, Lula, Netinho, Godinez e Nhonho (do Chaves), entre outros.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*